Agência Rio de Notícias

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Só para não esquecer...

... Afinal não ando escrevendo muito por aqui, enfim, peço desculpas aos que acompanham este blog ando muito atribulada rsrsrs, muito embora eu não tenha escrito nada aqui por esses dias, eu tenho lido os blogs de amigos, conhecidos, políticos etc não deixo de ler... e outro motivo por não estar tão presente: ando muito introspectiva, refletindo bastante sobre várias coisas...

Quero deixar registrado aqui algo que me aconteceu na quarta feira dia 02 de Setembro, eu estava como de costume dentro do ônibus 390 indo para Coelho Neto ( bairro do Rio de Janeiro) para pegar o metrô como sempre e ir para o Fundão, quer dizer ir até Del Castilho( uma das estações do metrô Rio) para pegar um outro ônibus de integração com o metrô e ir para o Fundão, mas não é sobre transporte que eu quero falar, o que eu quero dizer é que, com a correria do dia-a-dia, e sim, a dificuldade com os transportes, a falta de dinheiro, a violência dentre outros inúmeros problemas, acabamos por nos tornar seres insensíveis em alguns aspectos, desatentos, alheios, até mesmo alienados para com o mundo em que vivemos no que concerne a natureza ma-ra-vi-lho-sa...

Enfim, estava eu, nesse bendito ônibus, cochilando ouvindo música quando o ônibus sacolejou em um dos inúmeros buracos que podemos encontrar nesse trajeto e então eu abri os olhos e me deparei com um verdadeiro espetáculo!!!!!
Fiquei confusa a principio, pensei se tratar de uma alucinação, continuação de sonho etc etc, pois o que eu vi foi incrível, o céu naquele momento, ali na Av. Brasil estava lilás, um lilás tão suave, tão lindo que eu nunca havia visto em nada talvez, e o que mais me encantou foi o fato de que com o passar do tempo as cores iam se modificando, de lilás suave, para um rosa quase lilás, um rosa mais forte, laranja bem claro, amarelo suave e um azul lá no final, foi essa a paisagem de cores gradientes que me acompanhou até que o dia amanhecesse por completo...

O que me deixou triste, foi o fato de ninguém além de mim ter notado este grande espetáculo da natureza no ônibus, as pessoas estão tão cansadas, tão desiludidas, tão fechadas em si mesmas que já não podem mais se "dar ao luxo" de apreciar um espetáculo que foi elaborado, produzido, ensaiado e direcionado a nós, única e exclusivamente, sem cobrança de entrada, ou qualquer tipo de custo, porém o espetáculo mais grandioso de todos os tempos: o amanhecer!

Peço desculpas se falei alguma besteira, mas eu precisava contar sobre isso, fiquei tão fascinada, precisava compartilhar e ao mesmo tempo tão triste em perceber o que a sociedade capitalista, de consumo exacerbado, do desemprego, da violência do tráfico tem feito com a gente... estamos nos tornando alheios as coisas mais importantes e mais simples ao mesmo tempo, como a natureza, o amor, a família...

Um grande abraço!

Nenhum comentário:

Sociologia no youtube

Loading...