Agência Rio de Notícias

quarta-feira, 27 de julho de 2011

IBGE: 71% dizem que cor da pele influencia no trabalho

Agência Estado


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje os resultados do estudo "Pesquisa das Características Étnico-Raciais da População: um Estudo das Categorias de Classificação de Cor ou Raça", realizado em seis Estados. Segundo a pesquisa, mais da metade dos entrevistados (63,7%) disseram que a cor ou raça influencia a vida das pessoas.
A principal situação em que isso acontece, segundo os entrevistados, é no trabalho, citado por 71%, seguida por "relação com justiça/polícia" (68,3%), "convívio social" (65%), "escola" (59,3%) e "repartições públicas" (51,3%). As informações foram coletadas em 2008, em uma amostra de cerca de 15 mil domicílios, no Amazonas, Paraíba, São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Distrito Federal.
Ao se autoclassificarem de acordo com a cor ou raça, 29,5% dos entrevistados usaram dois termos que não constam nas categorias de classificação do IBGE: "morena" (21,7%, com as variações "morena clara" e "morena escura") e "negra" (7,8%). Entre as classificações do IBGE, os resultados foram: branca (49,0%), preta (1,4%), parda (13,6%), amarela (1,5%) e indígena (0,4%).

Nenhum comentário:

Sociologia no youtube

Loading...