Agência Rio de Notícias

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Matéria exótica??? o que é isso???

Bom estou realmente muito interessada em saber mais sobre estes assuntos, sendo que já estou quase me arrependendo de minha escolha profissional... bobagem trata-se de falta do que pensar, e do que fazer ,ai fico pesquisando estas coisas, assistindo a séries sem nenhuma significância para a vida real etc etc ,sem contar com a enorme quantidade de comida, quero dizer , "lanchinhos" consumidos durante esse período de ócio puro rsrsrsrs
Bom consegui encontrar algumas coisas sobre essa tal matéria exótica, trata-se de um tipo de matéria que viola algumas condições de energia que são fundamentais para os teoremas clássicos sobre singularidades do espaço-tempo.

A única maneira de impedir o colapso gravitacional, tal como ocorre nos buracos negros, e evitar a ocorrência de um horizonte de acontecimentos será distribuir algum tipo de matéria através do wormhole, de modo que este mantenha a garganta aberta. Verifica-se que uma das maiores dificuldades impostas à construção de um wormhole transitável reside nas enormes tensões necessárias para mantê-lo aberto, empurrando as suas paredes para fora. Concretamente, uma restrição que advém da análise da aplicação da equação de Einstein da gravitação impõe que a tensão radial exceda a densidade de massa-energia. A matéria que satisfaz tal condição é denominada matéria exótica. A natureza exótica dessa matéria é especialmente problemática devido às implicações para as medições efectuadas por observadores que se movem através da garganta com uma velocidade radial próxima da velocidade da luz. Se a velocidade for suficientemente elevada, o viajante medirá uma densidade de energia negativa. Isto não significa que a matéria exótica tenha também uma densidade de energia negativa para um observador em repouso no interior do wormhole. A densidade de energia é um conceito relativo, não absoluto. Num dado referencial pode ter um carácter negativo e noutro positivo. A matéria exótica tem uma densidade de energia negativa para um viajante que atravesse o wormhole a uma velocidade próxima da da luz, mas possui uma densidade de energia positiva quando é medida por um observador em repouso no referencial do wormhole.
A suposição da inexistência de densidades de energia negativas constitui, possivelmente, um preconceito profundamente enraizado na mente humana, devido à aparente falta de evidência experimental. No entanto, a Teoria Quântica de Campo prevê a existência de densidades de energia negativas em certos estados de vácuo, sendo o chamado "efeito de Casimir" o mais conhecido. Este efeito pode ser obtido recorrendo a duas placas condutoras que se encontrem muito próximas uma da outra. Devido às condições de fronteira impostas pela proximidade das placas, estas excluem certos comprimentos de onda de radiação das flutuações quânticas de vácuo, diminuindo a energia do mesmo. Se medirmos a energia média entre as placas, obteremos um resultado interessante: os campos quânticos flutuantes têm um valor inferior a zero. Mas, de acordo com Einstein, energia e massa são equivalentes, logo, à energia negativa associada ao "efeito de Casimir" deverá corresponder uma massa negativa.
sim, e daí? bom cansei disso,caso alguém leia isto e deseja saber mais entre nos seguinte sites:

Nenhum comentário:

Sociologia no youtube

Loading...