Agência Rio de Notícias

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Os perigos do óleo de cozinha...



Óleo de cozinha usado pode contaminar a água, o solo e a atmosfera.
As estações de tratamento também não estão preparadas para receber a enorme quantidade de óleo de cozinha despejado pela população (cerca de 200 milhões de litros por ano). O despejo do óleo em lixões, onde muitas vezes é enterrado com os demais resíduos pode contaminar o lençol freático. Neste caso os danos ao meio ambiente são enormes.
Para se ter uma idéia, um litro de óleo contamina cerca de um milhão de litros de água. Isso acontece porque apesar de o óleo vegetal se dispersar em uma camada muito fina sobre a água, é suficiente para prejudicar a transferência do oxigênio na interfase ar-água.
Porém existe uma solução, o reaproveitamento ou reciclagem,O óleo vegetal utilizado na preparação de alimentos pode se empregado como matéria-prima para diversas indústrias: saboeiras, de detergentes, de ração animal, de biodiesel, de graxas e até pela industria de cosméticos.
A simples atitude de não jogar o óleo de cozinha usado direto no lixo ou no ralo da pia pode contribuir para diminuir o aquecimento global. Em contato com a água do mar, esse resíduo líquido passa por reações químicas que resultam em emissão de metano. "Você acaba tendo a decomposição e a geração de metano, através de uma ação anaeróbica [sem ar] de bactérias".Segundo O professor do Centro de Estudos Integrados sobre Meio Ambiente e Mudanças Climáticas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Alexandre D'Avignona decomposição do óleo de cozinha emite metano na atmosfera(21 vezes mais agressivo que o carbono), um dos grandes vilões do aquecimento global.

Vamos pensar nisso...

Nenhum comentário:

Sociologia no youtube

Loading...